Moldagem com elastômero já pode ser considerada coisa do passado? – Dental Work

Moldagem com elastômero já pode ser considerada coisa do passado?

Os modelos, sejam de estudo ou de trabalho, são essenciais para a prática odontológica, mas o processo de replicar a boca do paciente por meio da moldagem traz desconforto, gera distorções devido a alterações dimensionais dos materiais e pode ser considerado um vetor de infecções se não for bem higienizado, já que muitas vezes além da saliva podemos observar sangue sobre o molde, sem contar com a logística do envio ao laboratório, armazenamento, etc. Essa técnica, entretanto, já está enraizada na prática odontológica, afinal, a moldagem com elastômeros que usamos hoje são as mesmas de 1937! Com o desenvolvimento de novas tecnologias, hoje vivemos uma fase de transição: embora a moldagem como a conhecemos ainda tem espaço, as moldagens digitais já são uma realidade e estão se tornando cada vez mais acessíveis, tanto que autores na área já preveem que nos próximos anos a maioria dos dentistas nos EUA e na Europa farão todas as suas moldagens de forma digital!

Para a moldagem digital é necessário um scanner 3D, que irá captar as imagens da boca do paciente e levá-las para a tela do computador. A partir daí todo o tratamento pode ser planejando e executado, como restaurações indiretas, guias cirúrgicos para implantodontia, tratamento ortodôntico com alinhadores e muito mais!

A moldagem 3D tem como vantagem eliminar várias etapas de moldagem, como seleção da moldeira, logística e manipulação dos materiais de moldagem, desinfecção do modelo e envio ao laboratório por meio de portadores. Tudo isso torna o processo mais ágil, assim como também otimiza o tempo laboratorial, uma vez que a manipulação das imagens digitalmente é muito mais rápida do que os processos convencionais de replicação dos modelos, confecção do troquel, etc.

No Brasil, a odontologia digital está despontando, entretanto, por enquanto os equipamentos ainda são considerados como sendo um valor de investimento inicial alto. Além disso, também é necessário que o profissional invista em conhecimento. Pensando nessa lacuna, o Dental Work vem com uma proposta de tornar a odontologia digital acessível para todos os dentistas! Conheça a nossa proposta.

Fonte: http://www.scielo.br/pdf/dpjo/v15n5/03.pdf

Para mais informações, preencha o formulário abaixo:

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Mande mensagem pelo WhatsApp